Alberto, o menino que queria voar

 

O ator-animador vive o personagem de um mecânico da época, amigo de Santos Dumont. Ele conta a história deste homem ilustre, e a incrível trajetória de descobertas aeronáuticas deste brasileiro que genialmente, desde menino, afirmava  “...O HOMEM PODE VOAR....”.

O mecânico utiliza  réplicas, e conta desde a infância de Alberto até a criação das principais máquinas voadoras de Santos Dumont. Os aviões e balões  são pintados de forma magnífica pela artista paranaense Márcia Széliga. O último, voa entre o público. Os recortes ganham vida  e parecem ser reais.... “ é a magia do teatro mais uma vez mexendo com nossa imaginação...”

No palco esta posicionado um cavalete com folhas para um desenho e um rico ambiente de formas recortadas retratando a cidade de Paris.

 
teatroAmanda Sanches